2006/05/04

Público e privado


Hoje (4 de Maio), dez da manhã. Entro em Coimbra no Alfa Pendular nº 123 em direcção a Braga e ocupo o meu lugar. A viagem vai durar duas horas, que destinei para ler o Público e talvez começar a ler um livro que ontem me foi oferecido. Mal o comboio arranca, atrás de mim soa um sinal discreto de um telemóvel. A voz que atendeu já não era tão discreta, soava como se estivesse na sala de sua casa. Impossível não ouvir. E até ao Porto, com pequenos intervalos, a voz da senhora que se sentava atrás de mim, e que nos (aos passageiros do comboio, claro) declarou ser actriz, com nome e tudo (M.M.), usou aquele espaço como seu escritório, falando com umas tantas pessoas de negócios (discutindo mesmo pagamentos pelo seu trabalho) ou assuntos pessoais que obviamente não interessavam a quem tinha tido a pouca sorte de estar no seu raio de acção.

Não foi a primeira vez que me aconteceu ter de partilhar uma conversa ao telemóvel em comboios, mas nunca me acontecera uma tal exposição forçada ao que devia ser uma privacidade. Aquela senhora, não sei se por ser actriz, confunde o privado com o público, e deu hoje um espectáculo desagradável. Não deveria existir uma etiqueta de uso dos telemóveis em espaço público?

2 comentários:

José da Silva Maurício disse...

.
Aqui vai outra problemática "Público-Privado".

Desta vez é sobre as PROPINAS.


.
ÚLTIMA HORA (21.4.2006): A OCDE Abriu os Olhos! Os ECONOMISTAS e os BLOGUISTAS Portugueses não. Ver mais à frente.
.
.
Olá BloGuista.
.
TÍTULO: "Os Filhos dos Não-Pobres são excluídos DA Universidade NA Universidade".
.
.
Informações Úteis às PESSOAS DAS CLASSES SOCIAIS Média, Média-Alta, Alta e Ricos (quer seja “PAGA-DôR de Impostos” ou “FUGI-DôR de Impostos”).
.
Alunos do Secundário e alunos Universitários.
.
.
Sabiam que:
.
.
*** EM CADA DOIS (2) ALUNOS UNIVERSITÁRIOS UM (1) NÃO ACABARÁ O CURSO !?!?!?!?!?!?!?!?!
.
.
Nota: Em ENGENHARIA É MUITO PIOR. Em cada quatro (4) alunos universitários três (3) não acabarão o Curso !?!?!?!?!?!?!?!?!
.
.
Ou seja. Dos alunos que entram nas Universidades e Politécnicos (Públicas ou Privadas) cinquenta por cento (50%) – não chega – a acabar o curso. A maior parte desiste nos 3 primeiros anos do Curso.
.
NOTA: Os Professores Universitários dos 3 primeiros anos deviam ter UM ORDENADO 3 a 4 vezes maior que os Professores Universitários do 4º e 5º anos. Porquê?
.
No total Duzentos e Vinte e Cinco Mil (225.000) alunos não terminarão o Curso. Logo Dinheiro do Estado e dinheiro das Famílias deitados ao lixo todos os anos (Mais de Quatro Mil e Quinhentos Milhões (4.500.000.000) de Euros anuais).
.
.
Nota Importante: E NÃO SE PREOCUPEM COM OS POBRES. Porquê?!?! Porque nas Universidades e Politécnicos (Públicos e Privados) há:
.
- Um por Cento (1%) de Pobres;
.
- Sete por Cento (7%) de Classe Média-BAIXA.
.
- Noventa e Dois por Cento (92%) de Classes Média, Média-Alta, Alta e Ricos. E SÃO ESTES QUE SÃO BURLADOS!!! Abram os Olhos!
.
.
.
*** Um Curso de cinco (5) anos é feito, em média, em oito (8) ou nove (9) anos!
.
.
? NÃO SE ACREDITAM NESTAS INFORMAÇÕES?:
.
Perguntem às Associações de Estudantes, aos Administradores dos Serviços de Acção Social, aos Reitores e aos Presidentes das Universidades e Institutos Politécnicos, tanto Públicos como Não-Públicos. Aos Políticos não vale a pena perguntarem! Eles já têm trabalho que chegue.
.
.
Última Hora (21.3.2006): Os Serviços de Acção Social da Universidade do Minho JÁ FIZERAM UM ESTUDO!
.
Ver Jornal “UMdicas”, http://www.dicas.sas.uminho.pt, Menu do lado esquerdo, “Arquivo do UMDicas” Edição de 17.3.2006, página 3, “Factores Sócio-Económicos afastam alunos da Universidade”..
.
Em 13.723 (treze mil setecentos e vinte e três) alunos inscritos há 31 (trinta e um) alunos cuja Capitação Monetária Mensal é menor que (<) 0,25*S.M.N. (zero vírgula vinte e cinco vezes o Salário Mínimo Nacional).
.
Perguntem aos Professores de “Má-Temática” quanto é que é 31 em 13.723 em termos de Percentagem. Têm a percentagem de alunos pobres.
.
.
SOLUÇÕES SIMPLES:
.
i -- Fechem todas as Universidades e Institutos Politécnicos durante cinco (5) anos e ABRAM ESCOLAS SECUNDÁRIAS TÉCNICO PROFISSIONAIS COM ACESSO À UNIVERSIDADE.;
.
In “Livro aconselhado às Escolas Técnico Profissionais com acesso ao Ensino Superior”, http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt, 21.Dez.2005, (http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt/arquivo/2005_12.html#893945 )
.
.
E/OU ENTÃO,
.
.
ii -- AUMENTEM AS PROPINAS, anualmente, para CINCO (5) VEZES o SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL (nos Institutos Politécnicos Públicos e nas Universidades Públicas).
.
Prova dos Nove contra os Aldrabões e Aldrabonas e a sua “Ladainha dos Pobrezinhos”:
.
Ver: “Alunos COM POSSES têm mais hipóteses no ENSINO (superior) PÚ-BLI-CO”, http://jn.sapo.pt/2004/08/22/sociedade/ha_portugal_cultura_facilitismo.html
.
.
NOTA: No Secundário, nos Externatos, pagam 1500 Euros anuais. Depois nas Universidades e Politécnicos só pagam 900 Euros. E QUERIAM QUALIDADE!?!?!? Ah, ah, ah, ah, ah, ah.
.
Ver: “Educação - Ano de estudos e 1400 euros deitados à rua” in http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=195703&idselect=10&idCanal=10&p=94
.
.
ÚLTIMA HORA (21.4.2006): A OCDE Abriu os Olhos! Os ECONOMISTAS e os BLOGUISTAS Portugueses não.
.
Ver: ““““OCDE sugere aumento das PROPINAS no ensino superior PÚBLICO para financiamento justo e mais eficiente”””” in http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1254816
.
.
.
PROPOSTA DE MELHORIA:
.
Que a maior parte dos COLÉGIOS deixe de ministrar o Ensino Secundário GERAL (+/- igual a Palha com notas inflacionadas) e passe a ministrar o Ensino Secundário TÉCNICO-PROFISSIONAL. Com acesso ao Ensino Superior. É lógico!
.
NOTA: Há Putos dos Colégios da Igreja que aos 10 (dez) anos preferem que a PRÓPRIA MÃE MORRA em vez de abortar!!!!! E vão ser as EliTes futuras do País!?!?!!?
.
.
OFERTA PELA DIVULGAÇÃO DESTE DOCUMENTO:
.
TODOS os Alunos PODEM E - DEVEM – Candidatar-se / Concorrer TODOS os anos à BOLSA DE ESTUDO nas Universidades e Institutos Politécnicos (Públicos e Não Públicos):
.
"Oh ALUNOS Portugueses III" - SUBSÍDIO ESCOLAR e BOLSA DE ESTUDO , 30 Abril de 2004 em http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt/arquivo/2004_04.html#128423
.
NOTA: A BOLSA DE ESTUDO SERVE, entre outras coisas, PARA PAGAR AS PROPINAS aos alunos que não têm dinheiro suficiente para as pagar.
.
.
mauricio_102@sapo.pt

SaltaPocinhas disse...

Aqui há tempos podia ter ficado a saber uma boa parte da vida de uma senhora que conversava ao telemovel com uma amiga que já não via há muito tempo. Isto passou-se numa loja, ela encostada ao balcão e eu sem espaço para falar com a empregada e pagar. Não são precisas regras, as pessoas é que deviam ter bom senso!!