2010/01/03

Mais um ano...

De repente, recuperei uma cadeia de pequenos gestos que há uns anos eram praticamente diários: aceder ao meu blog, e ficar com a janela de nova mensagem aberta, pronta a aceitar as palavras que quiser colocar nela. Porquê? Será por estarmos no início do ano, a escassos dias de lembrar o início de A Memória Flutuante? Será que sem perceber porquê, quero recomeçar?

Tem-me surpreendido que, apesar de este blog estar desactivado, todas as semanas o "sitemeter" a que aderi me diga que tive alguns leitores, três, quatro ou cinco, de vários pontos do mundo. Será que vale a pena repensar a possibilidade de regresso?

Tem tudo mudado tão depressa! O entusiasmo que tive por este meio de comunicar não passou para o Facebook ou para o twitter. Sinceramente não tenho por eles a mesma atracção - acho que começamos a pretender dar passos potencialmente perigosos. Não é que os blogs não revistam perigos - mas está mais na nossa mão saber enfrentá-los e, quanto possível, vencê-los.

Não sei o que esta mensagem significa. Veremos o que acontece nos dias seguintes. Para já, um bom ano para quem aqui vier!

3 comentários:

Delfim Peixoto disse...

Bom Ano na companhia da família.
Abraço forte, Professor!

Su'h. disse...

Bom ano pa ti tb xD

jfarinha disse...

Olá Professor...
continue escrevendo que nós gostamos de ler o que escreve...