2005/12/05

Foi no dia 2


Propositadamente quis que decorressem pelo menos dois dias para escrever. Para tudo, o tempo é, ainda, o melhor remédio. Não quero dramatizar, porém: a longa preparação que tenho feito para vencer estas pequenas etapas resultou. Para esta etapa contribuíram os meus actuais alunos, que perceberam e foram sóbrios no momento do adeus. Não costumo conviver muito bem com emoções deste tipo, mas desta vez contive-me. Fez-se uma fotografia do grupo, no seu habitat, a sala de aula, e poucas palavras de circunstância. Mas houve sinceridade. A fotografia irá para o blog, que decidimos manter para além do fim do curso.

Foi no dia 2 que dei, oficialmente, a minha última aula, uma vez que não terei serviço docente no segundo semestre. Terminei 46 anos e três meses depois de ter dado a primeira aula, que foi no dia 2 de Outubro de 1959. Nenhum dos meus actuais alunos do mestrado era nascido nessa data...

Agora, vou ficar com mais tempo para a Memória e passarei a ser mais regular nas minhas visitas aos posts amigos e a explorar outros.

Para registo, o tema da minha última aula: “A cultura pós-moderna e o currículo escolar”.

6 comentários:

PJ disse...

Nesta nova etapa da sua carreira e da sua vida desejo-lhe as maiores felicidades.

homoclinica disse...

Que seja tão ou mais frutuosa esta nova etapa da sua vida! Há muito para descobrir ainda. Há muito para aprender e para ensinar. Felicidades!

IC disse...

Professor Cândido de Freitas, como visitante do seu blog (embora sem comentar), desejo-lhe as maiores felicidades nesta sua nova etapa.

Varela de Freitas disse...

Agradeço a todos as palavras amigas. Tenho de continuar a sentir-me como sou; e vou continuar!

ac disse...

Um abraço muito forte.
Recordando velhas lutas comuns.
De quem ainda continua por cá na velha frente do ensino superior.

Delfim Peixoto disse...

Terá sido a última aula? Acho que não Professor. Tive o prazer de o ouvir no Seminário do dia cinco de Dezembro e acredite que me senti um verdadeiro aluno. Ainda espero poder vê-lo e ouvi-lo e aprender mais ...assim sendo, um Professor é-o até depois de chegar ao descanso merecido! Um bom Professor nunca deixa de exercer o seu magistério mesmo que " náo dê aulas". Faço votos de Felicidade para esta nova etapa que acredito será simplesmente uma mudança. Obrigado, Professor