2005/06/01

Uma nova escravatura


Ouvi e apesar de saber que é assim, quase me indignei. Porque podemos saber que certas coisas acontecem mas tentar pensar que não é bem assim, que há uma possibilidade de a realidade não ser tão cruel. Na TSF, logo de manhã, entrevista-se um jogador de futebol actualmente em Inglaterra, mas que se fala pode ser transferido para Portugal. O jogador em causa diz que não sabe, que tem mais dois ou três anos de contrato com o clube inglês. E remata (não a bola, mas o discurso): “ Eu nem sei se o (nome do clube) me quer vender!”.

Eu, que cresci nos tempos do amor à camisola, sei que hoje tudo é diferente, que também aqui o dinheiro fala mais alto. Mas ser o próprio jogador a dizer a verdade (que ele é neste momento uma mercadoria, sem vontade própria) é verdadeiramente revoltante.

1 comentário:

SaltaPocinhas disse...

Aleluia!! alguém que, como eu, se arrepia com a palavra "vender" aplicada às pessoas!