2014/03/27

E de repente...

... senti desejo em rever o meu blog, há mais de um ano sem qualquer entrada. Primeiro que o encontrasse foi uma tarefa complicada, porque a associação do blog à conta do Google alterou o usual login. Depois, foi mais uma vez o espanto de verificar que, apesar de praticamente desactivado, todas as semanas há leitores que por aqui passam. E resolvi dar uma prova de vida, escrevendo algumas palavras, saindo um pouco da invisibilidade em que a minha situação de "reformado" (que termo horroroso!) me impôs. E que palavras escreverei? Amargas, sem dúvida, porque não há razões para que não sejam: os tempos que correm, praticamente em qualquer dos campos que queiramos considerar, são sombrios. O mundo está perigoso - dizia-se há uns anos, por causa do terrorismo; ele continua perigoso, por vezes com um terrorismo mais refinado porque mudou de armas... Sim, porque até no nosso pacífico Portugal detectamos, aqui e além, verdadeiros actos de terrorismo!

Não sei se este impulso que em trouxe à Memória se repetirá ou não. Oscilo entre ter e não ter vontade de continuar. A ver vamos.

3 comentários:

saltapocinhas disse...

desabafar é sempre bom, ajuda a lavar a alma!

Delfim Peixoto disse...

que bom relê-lo e saber de si. Sente-se a sua falta

Tainá Rei disse...

:)